CREMOS

NA BÍBLIA: Cremos que Bíblia é a Palavra de Deus inspirada, creio na veracidade, integridade e inerrância das Escrituras, e na sua suprema autoridade, como Palavra de Deus em matéria de fé e prática. É o tesouro perfeito de instrução divina e, como tal, permanecerá até o fim (2 Pe 1.21; 2 Tm 3.16; 1 Co 2.11-14; Mt 5.18; Ap 22.18-20).

EM DEUS: Cremos no Pai, o Filho e o Espírito Santo em sua existência eterna, absoluta e soberana de um só e triúno Deus, o Pai, o Filho Jesus e o Espírito Santo; cremos que nosso Deus é Pessoal e Espírito infinito e inteligente, a quem toda criatura deve honra, louvor e obediência  (Jo 10.30; 4.24; 8.58; Gl 4.4-6; Mt 3.16,17; 28.19; 2 Co 3.17,18 e 13.13).

EM JESUS CRISTO: Cremos que Jesus Cristo é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, cremos na vinda de Deus em carne, na Pessoa de Jesus Cristo, no seu nascimento virginal, na sua vida sem pecado, na sua morte em nosso lugar, na sua ressurreição corporal e na sua segunda vinda: única, visível e Pessoal para estabelecer seu reino (Gl 4.4-7; 2 Co 5.21; 1 Co 15.3,4; Tt 2.11-15; Jo 14.3; 1 Ts 4.13-18; Ap 1.7).

NO ESPÍRITO SANTO: Cremos que o Espírito Santo é nosso consolador e habitante do nosso ser, cremos na obra plena de regeneração, batismo no Espírito Santo, doação de dons, santificação e poder espiritual, por parte do Espírito Santo, que habita no crente e que o capacita e o dirige na vida cristã (Jo 16.8-11; 3.5-8; 1 Co 12.13; 2 Co 1.20-22; 1 Co 12.4-11; Jo 14.26).

NO HOMEM: Cremos que o homem sua pecaminosidade e natural alienação de Deus, cremos que o homem criado à imagem e semelhança de Deus, por transgressão voluntária desobedeceu, tornando-se por natureza pecador, destituído da glória de Deus, e condenado com justiça à morte física e eterna (Rm 3.23; 5.12; 6.23; Jo 3.18,36; Mc 16.16).

NA OBRA DE JESUS: Cremos na substituição e livramento do homem através da obra vicaria de Jesus na Cruz, Cremos na suficiência da obra redentora de Jesus Cristo, quando no Calvário carregou sobre si todos os nossos pecados, e que na sua ressurreição venceu a morte, podendo assim, somente Ele nos atribuir justificação, ressurreição e certeza vida eterna (Hb 7.25-27; 9.26,27; Is 53.4-6; I Co 15.17, 54-57; Jo 10.28; 1 Jo 5.13; Rm 8.1,17).

NA SALVAÇÃO: Cremos na salvação pela graça e pela fé em Jesus Cristo, bem como em sua obra na cruz, cremos que a salvação eterna é atribuída à pessoa humana, gratuitamente por parte de Deus, não mediante obras da lei ou méritos pessoais, mas exclusivamente por arrependimento e pela fé e confissão de Jesus Cristo como único e suficiente Senhor e Salvador. A pessoa verdadeiramente salva perseverará até o fim (Rm 3.24-28; Gl 3.1-14; Tt 3.4-7; Lc 13.3; Mc 1.15; 2 Co 7.9-10; Jo 6.29,47; Rm 10.9-13; Fl 1.6; Rm 8.31-39).

NA VIDA CRISTÃ E DO MINISTÉRIO DE CADA CRENTE: Cremos que a vida de todo crente deve ser plena e frutífera com toda a sorte de obras boas habilitadas por Deus em Jesus Cristo, Cremos que todo aquele que é salvo por Jesus, tem por ele, acesso livre e permanente ao trono da Graça de Deus, de onde recebe poder para viver uma vida abundante, santa, cheia do Espírito, e o suprimento em todas as suas necessidades. Cremos ainda que Deus tem planejado uma vida de testemunho útil e abençoada para cada um de seus filhos, que todos tem um ministério particular dentro do Corpo de Cristo, de acordo com o (s) dom (s) espiritual (ais) recebido (s), e que,  em obediência e submissão a Cristo, terão poder para derrotar Satanás, suas tentações e seus anjos, em nome e para a glória do Senhor Jesus (Hb 10.17-23; 4.14-16; Jo 10.10; 2 Tm 2.19; Jo 7.38,39; Ef 5.18-21; Fp 4.11-13,19; Ef 2.10; Rm 12.1,2; 2 Co 4.4-7; 1 Co 12.12-26;  Jo 3.8; Hb 2.14-15; Rm 15.19,20; Cl 3.16,17).

NA IGREJA: Cremos que a igreja de Cristo deve ser fiel e atuante até a volta de Jesus, creio que a Igreja é a unidade  que inclui todos os salvos por Jesus, e que ela deve, por meio de Igrejas locais, manifestar todo o poder, a vontade e o amor de Deus, revelado nos Evangelhos, proclamando-o a  todos os homens em todas as nações, até que volte para buscá-la (Mt 16.16-18; 18.15-20; Ef 1.2-23; 2.19-22; 3.10-12; 4. 15,16; 5.25-27; 1 Pe 2.9; Mt 24.14; 28.18-20; Ap 22.20).

NA MORTE E RESSURREIÇÃO: Cremos que com a morte está definido o destino eterno de cada homem. Pela fé nos méritos do sacrifício substitutivo de Cristo na cruz, a morte do crente deixa de ser tragédia, pois ela o transporta para um estado de completa e constante felicidade consciente na presença de Deus. Os incrédulos e impenitentes entram, a partir da morte, num estado de separação definitiva de Deus. Na Palavra de Deus encontramos claramente expressa a proibição divina da busca de contato com os mortos, bem como a negação da eficácia de atos religiosos com relação aos que já morreram. Cremos que a ressurreição diz respeito ao corpo e dar-se-á, para os justos, na segunda vinda de Cristo e antes do milênio. E a ressurreição dos ímpios dar-se-á depois do milênio e antes do juizo final (Rom. 5.12; 6.23; Heb. 9.27; Tiago. 4.14; Lc 23.39-46; Rom. 5.6-11; 14.7-9; 1 Cor. 15.18-20; Fp. 1.21-23; 1 Ts. 4.13-17; Is 8.19; Dt 18.10-14; Luc. 16.19-31; Dn 12.2; Jo 5.29; Ap 20.4,5,11-20).


Igreja Batista Esperança

“Uma Família que aceita e acolhe você no amor de Cristo”

Anúncios